15 de jan de 2016

Como melhorar o ateliê? (sem gastar, é lógico...)

Mudo e torno a mudar... troco de caixas para pastas e vice-versa... por mais que reorganizemos, guardar materiais de scrap é uma ciência - que eu ainda não domino, rs,rs.
Um bom exemplo é com os carimbos de silicone/borracha: já os coloquei em pastas (aqui), em saquinhos de "pocket letter", em arquivo e... na hora de guardar, sempre acabava colocando fora do lugar - não é prático nem rápido; agora estão em caixa, facinho de guardar... mas na hora de achar o que quero, não tão rápido assim.
E as fitas? Já ficaram em vidro, em cartela em uma bolsa estilo "medusa" (ver foto aqui), rolinhos... agora estão em gavetas!
E outro exemplo: os retalhos - quer coisa mais difícil do que organizar retalhos?!
E se você tem uma tendência acentuada de guardar material para reutilizar (acetatos, papéís grossos,etc) - pois é... eu guardo e depois , bem no momento que preciso, não acho!
O "quarteliê", "scrap quarto", "entuliê" já mudou muitas vezes (aqui, como estava antes)
Bem, tem solução: estantes sob medida, gavetas largas e pouco profundas, organizadores específicos... mas isso custa dinheiro, muito, e sinceramente não o tenho de momento.
Por essas e por outras, filmei meu espaço para mostrar à vocês e, quem sabe, acharmos uma solução que não custe dindin... (será que tem?!)


Sim, eu sei, tem coisa demais...
Segundo meu marido, ficaria arrrumadinho se me desfizesse de metade...
Mas crafter não se desfaz das coisas assim, não é?!
Aceito sugestões.
Bjks



Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade.

Tudo posso naquele que me fortalece.
Filipenses 4:12,13